Newsletter CIDEHUS n.º 36

Está disponível mais uma newsletter do nosso centro. Destaque para as sessões de esclarecimento a decorrer em Aveiro e Lisboa sobre as oportunidades de financiamento do Horizonte 2020 para 2015 e o call for papers da revista Configurações dedicada ao tema “Para além da governação. Políticas, práticas e discursos de inclusão e promoção da diversidade”. Encontre mais informações aqui: NEWSLETTER 36_2Outubro

Anúncios

Workshop: Cooperação transnacional em especialização inteligente

Decorreu ontem, dia 01 de Outubro de 2014, na sala de docentes do Colégio Espírito Santo, um Workshop dedicado à cooperação transnacional no domínio da especialização inteligente entre o Alentejo e a Extremadura. Sob o título “O Papel das Instituições de Ensino Superior como Motores da Especialização Inteligente“, o workshop foi dividido em duas partes, tendo a primeira sido dedicada ao ensino superior e a segunda à apresentação das estratégias regionais do Alentejo e Extremadura.

WorkshopS3 1

Uma primeira parte contou com a participação de John Goddard (Universidade de Newcastle), que na sua comunicação destacou o papel das universidades na delineação de processos estratégicos e de governança, e Alberto Amaral (Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior), que apresentou alguns dados estatísticos do ensino superior em Portugal.

A segunda parte do evento foi dedicada à apresentação das estratégias de especialização inteligente das regiões do Alentejo e Extremadura.

Tendo criado uma marca, a Extremadura foi a primeira região a finalizar e apresentar a sua estratégia à União Europeia. Víctor Píriz Maya, director da Fundación Fundecyt, sublinhou a importância de criar uma marca – a one (Organizando una Nueva Extremadura) – que permitiu um maior reconhecimento e uma governança participativa activa. Empenhada quer num processo bottom-up (de participação geral da comunidade) e top-down (de informação e apoio político), a estratégia de especialização inteligente delineada assenta nos pilares da energia limpa, turismo, TIC, agricultura e saúde.

A estratégia alentejana, ainda em processo de elaboração, foi apresentada pelo Secretário Técnico da CCDRA Luís Castilho. Não estando ainda o processo finalizado e o documento final redigido, foi destacada a importância de cada região “descobrir o seu ADN”.

WorkshopS3 2

Pode consultar a já finalizada estratégia S3 da Extremadura aqui: Estrategia_RIS3_Extremadura

Para mais informações sobre os processos de especialização inteligente de ambas regiões aceda a http://one.gobex.es e www.ccdr-a.gov.pt